Solteira e Tranquila



Olá galerinha, depois de algum tempo sem postar aqui estou eu. Muitas coisas aconteceram durante esse tempo ausente do blog. Sim, fiquei solteira. Foi uma decisão minha terminar e seguir meu caminho sozinha. Não dava mais pra continuar meu namoro só por comodismo, é faltava o algo mais na relação.E por tudo isso a escolha do tema de hoje.

Estar solteira não é a pior coisa do mundo, quando existe o amor próprio, esse amor que é tão valioso e poucas pessoas o conhecem. Não podemos deixar a nossa vida se resumir a um relacionamento, não podemos fazer da outra pessoa a única razão da nossa existência.Muitas pessoas fazem isso e esse é o grande erro.

Claro, sentimos falta de ter alguém. O ser humano não suporta viver sozinho e isso nem faz bem mesmo. Mas, quando estamos solteiras temos uma certa "liberdade" que antes no namoro não existia. Não podemos nos fechar a conhecer outras pessoas, novas amizades e até mesmo novos amores,a vida segue e agora é se dedicar as outras metas até que apareça outra princesa encantada e o desafio de um novo relacionamento.

Enfim, o importante é ser feliz solteira, namorando ou casada. A felicidade está em nós e devemos buscar isso sempre.


"Sem o amor-próprio nenhuma vida é possível, nem sequer a mais leve decisão, só desespero e rigidez." (Hugo von Hofmannsthal)


Beijos para todas as pessoas que acompanham o blog.

12 comentários:

Jéss disse...

É dificil argumentar alguma coisa as suas palavras,porque vc define exatamente a graça de estar solteira: O amor próprio!
Quando vc aprende a se amar,vai ensinar a outra pessoa a te amar tambem,e tudo vai dar certo.
Nada melhor do que esperar por um novo relacionamento curtindo vc mesma,lembrando de detalhes da sua personalidade que as vezes ficaram para trás por causa da outra pessoa.
Lembrar e saber sempre quem vc é,se descobrir e redescobrir a cada dia,só assim,sentiremos o amor de uma outra pessoa,quando soubermos amar a nós mesmas.

Beijo Lu.

Rosele Luiza disse...

Valeu Jéss lindas palavras, que bom que você compreendeu a idéia desse texto. É isso mesmo temos que amar a nós mesmas, para que outras pessoas possam nos amar também. E assim vivermos a troca que é o relacionamento.
Beijos
Volte sempre *-*

Gonzoo Jr disse...

Olá Roselene parebéns pelo blog é legal ver gente desencanada falando de assuntos que na maioria das vezes assusta os leigos, eu sou um dos responsáveis pelo casalblog.com.br e gostaira de saber se é do seu interesse participar de um podcast conosco sobre homosexualidade? meu email é pc@casalblog.com.br aguardo sua resposta

Rosele Luiza disse...

Gonzoo jr.

Obrigada pelos elogios ao blog. Seja sempre bem vindo. Me chamo Rosele Luiza e obrigada pelo convite. Te enviarei um email. bjos

JOSENI disse...

PARABÉNS!!

Está muito bonito!!
Depois voltarei pra ver com mais calma!!

Magna diz:
eh nao, eh?
eh mesmo neh?
naaaaaaaaaaaaaao me diga muiezinha

kkkkkkkkkkkk

Rosele Luiza disse...

Joseni,obrigada!
Seja sempre bem vindo ao blog.
E nunca se esqueça das palavras da filósofa Magna no msn:

Magna diz:
eh nao, eh?
eh mesmo neh?
naaaaaaaaaaaaaao me diga muiezinha
kkkkkkk

beijos e volte sempre :)

CRISS disse...

parabéns pelo seu blog
vc diz algo muito verdadeiro sobre ter amor próprio , as veses estamos em um relacionamento e esquecemos de nós mesmos infelizmente ta ai o nosso erro maior ,isso causa depressão em alguns casos após o termino do mesmo
eu passei por isso e sei realmente como é mas o negócio é bola pra frente e ver que um dia ou outro poderemos encontrar um novo amor assim que aconteceu comigo , sofri muito com am inha ex namorada mas agora vejo que o que ela descontava em mim só me fez crescer na alma , e hoje estou com uma pessoa que me completa me faz muito feliz, vivo minha vida e ela tb a dela nós se vemos e se amamos assim é melhor cada um com um proposito e juntas ajudando a uma se completar a outra !!!
beijos

Rosele Luiza disse...

Criss obrigada pela presença no blog.

O amor próprio é mesmo muito importante, pois esse amor que nos prepara para um relacionamento e temos que ter sempre para chegarmos a nossa felicidade.


Volte sempre :)

asmais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lidiane disse...

Rô adorei suas palavars, pensamentos, tudo q escreveu é lindo e verídico!!!!
parabéns por o blogguer é perfeito e tem um tema muito interesante, frisando q está muito bem abordado!!!!!
eu sou lesbica não sou assumida, pois minha famlia está dividida em pessoas religiosas, entre pastores e padres... tenho ceretza que ninguem aceitaria minha opção sexual, isso me deicha chateada, por isso q admiro pessoas como vc sem medo de se espor, essa coragém eu não tenho...
suas palavras são veridicas! concordo plenamente.
também gostei das palavras da jéss...
me identifiquei muito com seu blogger, reaumente é a minha cara. não vou parar mais de visitar. e deichar ums comentariosinhos, rsrsrsrssrsr.

Rosele Luiza disse...

Lidiane, assumir é tirar um peso dos ombros, é viver a verdade. Sei que o seu momento vai chegar e você será muito mais feliz. Obrigada por visitar o blog. Volte sempre. O blog é nosso.

Fatima disse...

Estou numa duvida horrível quero me separar mas não tenho forças.. Não sei o que fazer. Estou cheia de duvidas

 
SOMOS LÉSBICAS E DAÍ ? © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects