Amor Platônico








   Olá pessoal, estou muito feliz com o número crescente de visualizações das postagens e de seguidores no blog. Hoje vou escrever sobre um tema sugerido por um “leitor” (Mas, o blog não é lésbico? Sim, mas não é só para lésbicas. E sim para todos aqueles que se interessarem pela temática.) No caso dele, é um rapaz super talentoso que escreve um blog repleto de poesias. Deixarei o endereço do blog dele no fim do post.

   Quem nunca amou, se apaixonou ou simplesmente gostou de uma pessoa que nem sabia o que você sentia por ela? Quem nunca esteve “de quatro” por alguém e essa pessoa não retribuía o mesmo sentimento? Meus amores,quase todos nós passamos por isso em algum momento de nossas vidas. Isso é amar de forma platônica o outro.

Vamos à definição:

“Amor platônico é qualquer tipo de relação afetuosa ou idealizada em que se abstrai o elemento sexual, por vários gêneros diferentes, como em um caso de amizade pura, entre duas pessoas. Amor platônico também pode ser um amor impossível; difícil ou que não é correspondido.”

Como surgiu esse termo “amor platônico”:

   O termo amor "platonicus" foi usado pela primeira vez pelo filósofo neoplatônico florentino Marsilio Ficino no século XV, como um sinônimo de amor socrático. As duas expressões dizem respeito a um amor  focado na beleza do caráter e na inteligência de uma pessoa, e não no seu aspecto físico. A expressão viu o seu conceito mudar graças à obra de Sr. William Davenant, "Platonic Lovers" (Amantes Platônicos - 1636), onde o poeta inglês se refere ao amor como é retratado no Simpósio de Platão, que afirma que o amor é a raiz de todas as virtudes e da verdade.

   Para o filósofo grego Platão, o amor era algo essencialmente puro e desprovido de paixões, ao passo em que estas são essencialmente cegas, materiais, efêmeras e falsas. O amor platônico, não se fundamenta num interesse, e sim na virtude. Platão criou também a teoria do mundo das idéias, onde tudo era perfeito e que no mundo real tudo era uma cópia imperfeita desse mundo das idéias. Portanto amor platônico, ou qualquer coisa platônica, se refere a algo que seja perfeito, mas que não existe no mundo real, apenas no mundo das idéias.

   O amor platônico é entendido como um amor à distância, que não se aproxima, não toca, não envolve, é feito de fantasias e de idealização, onde o objeto do amor é o ser perfeito, detentor de todas as boas qualidades e sem defeitos.

   Quando você passar por essa de amor platônico, saiba que é uma fase. Você não vai morrer por não ter o amor dessa pessoa. Eu sou do pensamento de que se você ama muito uma pessoa você deve contar isso a ela, sempre pesando as conseqüências. O amor nunca é ruim. O ruim de amar é a outra pessoa. Porque o amor é um sentimento puro, e quem acaba tirando essa pureza de amar são as pessoas. A dica de hoje é se ame primeiro para que outra pessoa te ame também.

Valeu galera. Continuem seguindo o blog =)

Blog do leitor que sugeriu o tema:

Me encontrem nas redes sociais:

Meu facebook: https://www.facebook.com/RoseleLuiza - Galera, não tô adicionando mais ninguém que eu não conheça pessoalmente, porque tem um pessoal que abusa. Mas, pode seguir se quiserem. Ficarei feliz.


Tem perguntas pra mim? Façam aqui: http://ask.fm/roseleluiza


9 comentários:

Iza disse...

Adorei o texto, pois me remeteu a algo que vivi há alguns anos atrás e que me revelou quem eu sou. Apesar de que sempre soube que não daria certo, não deixei de vivê-lo e ela sabia o que eu sentia, mas fui racional para não me deixar envolver. Foi muito bom, pois o amor também pode ser renúncia, para não se tornar prostituição de sentimentos, sabe aquela situação platonica de amor em uma só mão. É isso aí, nem tudo é perfeito, mas ainda sinto falta do pouco que vivemos. Até ...

Alguém Estranho disse...

Oi. Gostei do seu blog.

Estou com certa dificuldade em divulgar o meu: www.queminteressa.blogspot.com

Quem sabe vc nao ajuda??

Dicas??

Ate breve!!!

Rosele Luiza disse...

Iza, quem nunca amor platonicamente neh? Então,obrigada pela presença no blog. Oi, Alguém Estranho já coloquei seu blog na lista de blogs pra quem se interessar. Boa forma de divulgar é pelo twitter ou face. #ficadica. Valeeeu mesmo gente!

Hanna Massaud ® disse...

Visite lá e comente!
http://entrelinhaspoetica.blogspot.com.br/

Daniel Andre disse...

Ola amiga Rose, td bem minha linda ? Desculpe-me o sumiço. Me aconteceu mt coisa, incluindo a familia, e estou passando por uma situação chata em relacionamento. Assim q puder, me mande o seu email, que te conto. Curti mt o texto que vc postou sobre "AMORES PLATONICOS". Quem nunca vivenciou um, um dia vivenciara ! Td bem contigo ? Espero q sim. Estou pra fazer um outro blog, mas bem diferente daquele de poesias que tenho. Grande abraço guerreira, td de bom viu ? Do amigo, Dan.

Rosele Luiza disse...

Obrigada pelo carinho Dan. Tudo bem sim. Espero que seus conflitos se solucionem. Vc vai arrasar num novo blog =D

Rosele Luiza disse...

Hanna seu blog é ótimoooo!Parabéns!!!

JOSENI disse...

Que maravilha de texto!!
Acabei de compartilhar no Blog do Parceiro.
Espero sua visita!!

http://josenidelima.blogspot.com.br/

Daria pra vc mudar o nome do meu blog que está aqui como: ARACOIABA - CEARÁ - BRASIL ??

Fernanda Souza disse...

Olá curti seu blog, gostaria de deixar aki para as meninas meu blog tambem =)

http://entremeninas2013.blogspot.com.br/

 
SOMOS LÉSBICAS E DAÍ ? © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects